quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Deus te Dará Tudo de Volta


Quantos de nós, já desfrutamos momentos de intensa alegria e felicidade, tão especiais, que pareciam que nunca teriam fim ou que nada seria capaz de obstruir ou se impor diante de momentos tão magníficos, os quais fizeram de nossas vidas verdadeiros baluartes de gozo e paz.

Um casamento bem sucedido marcado pelo amor, por uma amizade sincera e um companheirismo intenso, pronto para o que der e vier, ou a alegria de ter em seus braços o calor intenso de um filho, consolá-lo durante seu choro e divertir-se com suas risadas e travessuras, desfrutar da companhia de todos familiares, e vê-los desfrutando e gozando de saúde extraordinária.

Grandes conquistas, a oportunidade de cursar uma faculdade e proporcionar a você a abertura de muitas portas, privilégios de poucos, um bom emprego, um bom salário, conseqüentemente a possibilidade de várias aquisições, como, a casa própria, o primeiro automóvel, enfim, benefícios que refletiram sobre você e sua família, bem como, a todos aqueles que estão próximos a você.

Conseguiu “status” na sociedade, pessoas que não acreditavam em você, hoje são obrigadas a reconhecer seu esforço e de pé aplaudir suas conquistas, você tornou-se exemplo, referência para muitas pessoas, seus pais tem orgulho de você, seus filhos olham em você e o vê como um espelho, vêem em você o reflexo do futuro deles, verdadeiramente uma vida de sucessos e triunfos; quantos escritores desejariam transcrever no papel os acontecimentos e os segredos que o levaram a vitória, muitas pessoas seriam impactadas e influenciadas por você, com certeza, a biografia de sua vida seria um verdadeiro “Best-Seller”.

Isso tudo é muito belo e chega a nos emocionar. Porém, toda essa história aos olhos humanos, realmente parece ser uma ficção, um sonho, algo impossível de acontecer. O problema, é que nem sempre é assim, somos seres humanos e por isso estamos sujeitos a todos os tipos de acontecimentos, independente de cor, raça, credo, aparência, nível social, somos “surpreendidos” por acontecimentos que até então não eram previstos. Coisas que podem acontecer com todos menos com você, sempre nos sentimos inatingíveis; a alegria cede lugar à tristeza, o casamento que parecia insolúvel transforma se em divórcio, entes queridos faleceram e agora?

Desesperançado e ferido estás, as pessoas que admiravam você agora lhe apontam o dedo para acusar você, afastaram-se de ti, e o que restou, foi apenas um coração quebrantado e contrito e uma alma angustiada e abatida, você esta como o salmista dizendo “Por que está abatida ó minha alma, e porque te perturbas dentro de mim” (SL 42.11)

Parece que é o fundo do poço, o fim. Não desanimes o rei ainda se lembra de ti. Você conhece a história de Mefibosete? Se não, leia II Reis 9, e medite porque Deus fará contigo o que fez com Mefibosete. “Não temas, porque decerto usarei contigo de beneficiência por amor de Jonatas, teu pai, e te RESTITUIREI todas as terras de Saul, teu pai, e tu de continuo comerás pão a minha mesa”. (II SM 9.7). Tudo o que se perdeu irá ser restaurado. Todos contemplarão as maravilhas de Deus em sua vida, em seu lar, em seu trabalho.


Deus sempre pode lhe dar uma nova chance...


Alisson Leonardo Malta


Um comentário:

Nana disse...

É verdade!
Nada melhor do que esperar no Senhor e ver o que Ele pode fazer em nossas vidas. Lindo texto, cheio de unção!!!
Beijos